PAPO DE MULHER AJUDA - Quando perdemos a individualidade no relacionamento...

Hey minhas pitchuletes queridas!

Estão com saudades?







Pois bem, trouxe para vocês hoje uma sessão que é SUCESSO aqui no blog.


PAPO DE MULHER AJUDA!!!







Estou até o pescoço de e-mails atrasados, e talvez a maioria já tenha até superado o problema. Mas irei responder todos mesmo assim, pois sei que sempre tem uma amadinha que se identifica e tira muitas lições dos assuntos discutidos.

Vamos lá?


Hoje iremos ajudar a leitora P.C.

"Entao, meu problema ja se tornou chato e dolorido. Estou ha 1 ano com  meu respectivo namorado. Noo inicio, era perfeito, me sentia em um verdadeiro conto de fadas, sem brincadeira alguma ... Quando chegamos aos nossos 11 meses, tivemos uma grande crise, causada pelos meus pais, mas que afetou "demaaaaaaais" a gente. Ele chegou a "sumir", me deixar sem contato, terminou comigo, e eu, entrei do desespero. Pois nao havia cometido erro algum, e sim, meus pais foram os causadores. Nao achava justo! Mas tentava entende-lo, mesmo sofrendo. No dia depois que terminou comigo, ele pediu pra voltar, e logicamente voltei. Dai pra frente, tudo voltou como era, ate melhor ... Mas, senti como se eu estivesse correndo muito atras dele, e ele sempre ocupado com a faculdade ... Mas nunca duvidei do seu amor.
 Mas, ai que entra meu problema: Depois de tudo isso que resumi, esses dias passados, ele entrou em uma rede social minha, e viu muito amigos em comum, amigos que conheci antes dele (amigos da faculdade dele que ele nunca gostou que eu tivesse contato, mas nunca se importou tanto). E me pediu pra que eu viesse a exclui-los. Nem me importei, pois nunca fiz questao nenhuma deles. E exclui, oque importava pra mim, era o nosso bem, estar bem com ele, sempre! Quando exclui eu disse " Olha, ja exclui. Mas se voce ver alguem mais, me avisa pra excluir ou vc mesmo exclui". E entao, ainda havia alguns amigos la, e ele ficou muuito estressado e nao atendeu o meu pedido. Mas, notei que tinha algo errado e imaginei que seria isso. Voltei na rede social, e exclui, e dessa vez foram todos. E comuniquei a ele ... Só que ele veio com um papo assim "Agora ja é tarde. Mas esta tudo bem entre a gente, mas nao vou te dar mais minha senha (no caso, da rede social dele)". 
 Entao, pra terminar ... eu liguei pra ele, e vi que ele estava muito estressado, mas nao so com isso, imaginei que fosse com a faculdade dele. Conversamos ... nos despedimos, e ele falou que mais tarde me ligava, que naquele momento iria estudar. Só que, ele sumiu, nao mandou msgs, nao ligou ... Entao, fiquei desesperada, sem entender nada, pois tudo estava caminhando bem, ou quase ... liguei e so dava caixa postal, mandei msgs e ele nao respondia. E queria saber como contornar essa historia, queria deixar de me importar tanto, vejo que corro muito atras. E antes, era ele que fazia isso.  Me ajuuda? Desde ja, agradeço!!"



Querida P.C., vamos ver se eu entendi o seu problema. Você começou falando dos seus pais, que por causa deles seu namorado terminou com você. Daí vocês voltaram, e foram tudo flores... até a maldita rede social virtual entrar na vida de vocês.



Redes sociais são elementos nocivos dentro de relacionamentos, tanto de amizade, quanto familiar, e principalmente dentro dos relacionamentos românticos. Em redes sociais, nós nos expomos demais, e às vezes certos contatos ou postagens são mal interpretados por nossos queridos amigos/familiares/namorados, causando transtornos. Porém, existem formas de conviver com as redes sociais e manter um relacionamento saudável, o que não tem acontecido com você e seu namorado. Vamos analisar fato por fato:



1 - Como combinar um perfil em uma rede social e um relacionamento saudável?






Acho super válido casais bem estruturados possuírem a senha de cada um em redes sociais. Afinal, quando nos relacionamos com alguém de verdade, queremos dividir tudo com a pessoa, então o que eu teria a esconder em minhas mensagens particulares no facebook? Quem não gosta, não faça... mas não critique quem gosta. Tem muito homem que adora trocar senha, porque isso soa como uma prova de confiança. É como dar uma cópia da chave da sua casa pro seu namorado aparecer lá a hora que ele quiser, ou como dar a senha da sua conta no banco pra ele sacar a grana pra você porque você está sem tempo. Mas não saiam trocando senha com seus ficantes de 3 dias não, hein meninas. Isso é pra um nível profundo de confiança, que atingimos com o tempo, namorando firme.

Se você tem conversas no facebook que não gostaria que seu namorado lesse, isso indica que você não está agindo certo com ele de alguma forma, ou que seu nível de relacionamento não é tão avançado. Porém, se o seu namorado fica bisbilhotando milimetricamente cada postagem sua, implicando com seus contatos na rede social, lendo cada uma de suas conversas, e exigindo que você mude algo ou exclua alguém porque tem ciúme ou não curte a pessoa... bem, daí o problema é com ele.




Podemos até ter aquela vontadezinha de ver as amiguinhas que nosso amado tem no facebook, a vontadezinha inocente de ler aquela conversa que ele teve com aquele amigo que a gente não gosta, a vontadezinha saudável de saber quem é aquela piriguete que curtiu a postagem dele, e até a vontadezinha super normal de perguntar sobre algo que nos deixou com a pulga atrás da orelha. MAS isso é muito diferente de BRIGAR com seu parceiro por causa de cada palavra que ele usou numa conversa, ou de discutir com ele porque ele tem mulheres no facebook, ou de MANDAR ele excluir as meninas que você não gosta. Isso sim não é saudável... é invadir a individualidade de cada pessoa.

Quando nos relacionamos amorosamente com alguém, reza a lenda que nos tornamos um só. Isso é verdade, em parte. Mas ninguém é onipresente. Ainda somos nós mesmos, porém, mais flexíveis devido a relação que estamos cultivando. Por isso, acima de tudo, devemos lembrar que ao mesmo tempo que somos um, ainda somos dois. Daí vem o respeito pelas diferenças, a maturidade da compreensão, e enfim uma vida feliz. Quando somos nós mesmos, e deixamos que nossos parceiros sejam eles mesmos, conseguimos nos tornar um só.

Bem P.C., quanto ao seu namorado, o fato dele ficar olhando seus amigos em comum na rede social, mandar você excluir os caras da faculdade só porque ELE não gosta que você tenha contato com eles, e dar uma de bravinho só porque você não excluiu todos, na boa, demonstra que ele é um infantil egoísta sem tamanho (isso se ele não tiver um sério problema psicológico né).

O negócio com seus pais eu até posso entender. Não sei ao certo o que aconteceu, porém se seus pais ofenderam ele e você não o defendeu (se é que ele estava certo na discussão), pode ser compreensível que ele tenha terminado e tals. Mas sinceramente, esse negócio de ditar quem você pode ou quem você não pode ter na rede social é um absurdo. No seu lugar, eu nem teria excluído ninguém, e teria brigado com ele pela criancice e falta de confiança.


2 - A maldita mania que as mulheres tem de se desesperar e correr como louca atrás




Eu sempre falo isso aqui no blog. Se tem uma coisa que não FUNCIONA com homem é se arrastar aos pés dele. Você já começou errado fazendo tudo que ele quer, e continua errando por ficar correndo atrás dele.

Eu só acho certo correr atrás de um cara quando a gente erra com ele. Quando estamos erradas, acho digno ligar, pedir desculpas, pedir pra voltar, etc e tal. Mas o cara te manda excluir seus contatos, dá uma de madalena enlouquecida, some, e você ainda corre atrás dele?

Eu só não te aconselho a mandar ele para o puto que o gerou porque não é o que você quer ouvir (mas é o que deveria fazer).


Conclusão

Olha P.C., a primeira coisa que você tem que por na cabeça é que VOCÊ NÃO ESTÁ ERRADA. No momento que você entender isso, você vai se sentir melhor.



A melhor maneira de contornar uma situação assim é fazer o mesmo que ele: SUMIR. Ele quer dar uma de putinha do agreste? Deixa ele espernear lá na casa dele, se ocupar da faculdade dele, achar que tá te punindo. D-E-I-X-A E-L-E.

Eu até falaria pra você adicionar de volta todos os caras que você excluiu (hohoho), mas como eu não quero causar a 3ª Guerra Mundial, só te aconselho a se cuidar. Sério, vai no cabeleireiro, vai na manicure, faz uma hidratação, uma dieta, algo que te renove. Isso não é futilidade, é uma terapia. A mulher é muito vaidosa, e quando se cuida, se sente poderosa. Saia com amigas, vá tomar um sorvete, um açaí, vá viver, querida, VIVER! Essas coisas vão manter sua mente ocupada enquanto o paquito lá espera você ligar chorando pra ele voltar.

Aposto que se você não se arrastar pra ele por pelo menos uma semana, ele mesmo vai te ligar. E se ele te ligar, mantenha a serenidade. Seja suuuuper tranquila, faz a indiferente, nunca mais a sofrida. Isso vai deixá-lo inseguro. E se ele quiser brigar por algo, não caia na dele. Toda vez que ele for dar showzinho por causa de futilidades como essa, faça-me o favor de botar ele no lugar dele. Diga com todas as letras: 'você está sendo infantil e isso não faz o menor sentido'.




Se o cara fizer terrorismo com você e não entender que essa atitude dele só faz mal pro relacionamento de vocês, na boa querida, antes sozinha que mal acompanhada. Sei que você é louca por ele, mas daí a decisão é sua. Vale a pena se tornar escrava de um relacionamento que só te faz sofrer?



É só o que eu tenho pra te dizer.

* As imagens não são de minha autoria, e não sei quais são suas fontes.




E você? Tem algum problema?
Escreve pra gente: papodemulhercontato@hotmail.com


Jakisses!!!

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...