MOMENTO MULHERZINHA: Kotoura-san, anime shoujo = para meninas

Olá pitchuletes amadinhas. Hoje trago uma super dica pras meninas que adoram um anime. 



Kotoura-san é um anime shoujo. Essa categoria de anime é voltada para meninas, geralmente com histórias de comédias românticas. Mas diferente do que muitos pensam, não é nada piegas. É um anime muito divertido, engraçado, com clima leve e que te deixa viciado.



Kotoura-san traz a história de Haruka Kotoura, uma menina que nasceu com o poder de ler a mente das pessoas. Sem ter noção de seu poder, ela acaba falando para as pessoas o que as mesmas estão pensando, e acaba criando situações constrangedoras, o que a faz ser odiada por todos na sua escola e até mesmo por seus pais.

Ao se mudar para uma escola nova, Kotoura conhece Manabe, um rapaz sincero, mas que só pensa em pouuutariiiiiaaaa hahahaha. Sério! Ele é extremamente PERVERTIDO, e se apaixona por Kotoura mesmo sabendo que ela lê seus pensamentos, e não resiste em imaginar a própria Kotoura em situações sensualmente atrativas para ele, o que deixa a menina super brava. 














Além de Manabe, Kotoura conhece Yuriko, uma menina cuja a mãe era vidente e se suicidou por ser acusada de ser uma farsa, e Muroto, um rapaz baixinho e inteligente, por quem Yuriko é apaixonada.




Kotoura-san possui apenas uma temporada com 12 episódios (o que é uma pena), mas os 12 episódios são bem completos, e acredito que não fica nenhuma ponta solta no final da história, ela é bem conclusiva.

Se você quer romance e diversão, assista Kotoura-san. Você encontra facilmente online, e tem também no Netflix.




Jakisses!

Coceira na perseguida: nem sempre é candidíase

Marcadores:
Hey ho pitchuletes amadinhas. Que mulher nesse mundão de Deus nunca acordou com uma coceira de morrer na tchotchola hein? É desesperador, porque não dá pra coçar direito, e se você coça você pode até se machucar. Aquela coceira intensa que parecem mil bichos te mordendo lá dentro da vagina é agoniante. Então, como humano internectualizado você vai no doutor google, e se digita 'coceira na vagina', a primeira opção que aparece é: CANDIDÍASE.


Sim amigas, essa é uma vilã muito comum, que destrói a felicidade da mulherada por aí. O sintoma principal da candidíase vaginal é a coceira sim, mas outros sintomas tem que combinar com a coceira pra se ter certeza do diagnóstico: corrimento branco com grumos (pedacinhos que parecem papel higienico picado), vulva inchada e dolorida, dor na relação sexual e em alguns casos até feridinhas nos pequenos e grandes lábios, além de ardência pra fazer xixi. 

A candidíase é algo comum e fácil de curar, é só passar aquela pomadinha e tchan, tchau coceira e dor. O que deixa a mulherada arrancando os cabelo é quando a maldita volta... e volta... e volta de novo. Aí o problema está mesmo na sua imunidade. Mas você não precisa chorar. Você precisa é rever sua vida e seu conceito alimentar. Cortar fritura e açucar, tomar vitamina C, fazer exercícios, se lavar uma vez por dia com bicarbonato de sódio ou fazer banho de assento, lavar as calcinhas com vinagre e deixar secar ao sol são pequenas atitudes que demoram a dar resultado, mas com o tempo eliminam a candidíase da sua vida de vez. Mas são hábitos pra vida inteira hein! Voltar a comer doce e fritura depois de um tempo pode, mas moderadamente. 

O desespero acontece mesmo é quando a gente passa pomada e a COCEIRA NÃO PASSA!!! E amiga, se a pomada não alivia em nada a coceira em 2 ou 3 dias, e você não tem outros sintomas além da coceira... ISSO NÃO É CANDIDÍASE!!!

Descobri isso da forma mais sofrida do mundo. Sofri de coceira e ardencia vaginal intensa por 3 meses, que mais pareceram anos. E sim abiiiigas, fui no ginecologista, um velhinho sem noção que olhou pra minha colega aqui de baixo e disse com toda sua certeza que era candidíase. Não sei aonde ele viu candidíase, se eu não tinha corrimento... mas tudo bem. Ele receitou uma pomada com antimicótico e antibiótico, passei por 10 dias... e a coceira continuou ali. Voltei chorando as pitangas depois de 15 dias, e estava menstruada, então não pude fazer exame clínico. O mesmo médico me disse que era normal as vezes não passar (AAARGH), e me receitou fluconazol comprimido e candicort pra passar na vulva. Confesso que o candicort deu um alívio na coceira, mas esse alívio durava no máximo meia hora, e voltava tudo. E mais 15 dias se passaram e nada da danada da coceira sumir.

Depois de pesquisar na internet e ler relatos de mulheres desesperadas sobre candidíases incuráveis, sobre viver sem sexo e sem doces, sobre terem consultado até infectologistas e gastados milhões sem sucesso, eu queria morrer. Não queria ser mais uma infeliz na face da terra condenada a viver com coceira e dor... Então enxuguei as lágrimas e disse: VOU PROCURAR OUTRO GINECOLOGISTA.

A outra ginecologista, uma mulher, no momento que eu disse que não havia corrimento, já afirmou que não era candidíase. Disse que eu devia fazer exame de urina URGENTE. Mandou eu jogar todas as minhas calcinhas fora e comprar novas somente de algodão. Fiz papanicolau e exame de urina.

Depois de três dias o resultado dos exames saíram. Pra minha surpresa, no papanicolau não havia NADA de cândida mesmo, nem nenhum tipo de fungo ou bactéria maligna. Já no meu exame de urina acusou uma bactéria que se chama Protheus mirabilis. Receitaram ciprofloxacino para mim, por 10 dias. Em 2 dias eu já não tinha mais coceira nenhuma.

Daí você me pergunta: mas infecção urinária pode dar coceira? Sim, colega, pode. Por isso que o doutor google é meio falho. Você vai encontrar o que afeta a maioria, mas nem sempre você faz parte da maioria. Já tive muitas infecções urinárias, mas ano passado foi a primeira vez que senti coceira sem ardor pra urinar. Porque pra nós mulheres o maior sinal de infecção urinária é a dor na bexiga, xixi com sangue ou ardencia na uretra. Mas essa bactéria, em especial, provoca COCEIRA na xoxela todinha, muito parecida com a coceira da cândida, mas sem corrimento. E meu único sintoma era coceira. Uma infecção urinária cujo o único sintoma era coceira.

Isso pode ser causado por higiene errada ou sexo anal sem camisinha. A bactéria Protheus vive no nosso intestino. Se ela tiver contato com a vulva, pode subir e colonizar a uretra. Por isso, camisinha sempre! E limpe sempre de frente para trás.

Esse ano tive uma coceira novamente, como no ano passado, sem corrimento. Testei a pomadinha pra cândida, e nada da coceira sumir. Tentei a mesma ginecologista da primeira vez, mas estava fora. Outros ginecologistas parece que não se importam com seus sintomas e sempre ditam o padrão. Na outra gineco que fui, ignorou meu histórico e me mandou passar candicort até sumir. E eu sentia que não ia adiantar. Então fui em uma unidade de pronto atendimento, falei que estava fazendo xixi com sangue (o que não era verdade, mas era o único meio de conseguir um antibiótico para infecção), e me receitaram o abençoado ciprofloxacino. Foi tiro e queda. Em dois dias eu me sentia novinha em folha.



Nessa história fica também a importância de se procurar um profissional que se importe com os pacientes, que os ouça e entenda que o padrão nem sempre resolve. Fazer exames é crucial. A única ginecologista que eu confio é essa que me pediu os exames e constatou o que os outros médicos ignoraram. Coceira nem sempre é candidíase, ouça seu paciente caro médico. 

Se você tem uma coceira vaginal persistente, já usou pomadas e não passou, e não tem corrimento, peça ao seu médico encaminhamento para exame de urina. Se aparecer a bactéria no laudo, você saberá exatamente o que você tem, e o remédio certo para você.


Jakisses!


Primavera: Invista em vestidos, não importa como seja seu corpo

Hey ho pitchuletes amadinhas. A primavera está chegando (alegria, alegria). Com ela vem flores, chuvinhas, cores e um certo calorzinho haha. A maioria das mulheres gostam de investir em roupas, e nessa época do ano é muito gostoso usar shorts, blusinhas, macaquinhos, saias e nossos amados vestidos. 

Já está comprovado que vestidos são deliciosos de usar, e deixam a mulher muito linda, independente do formato do corpo. Além de tudo, é uma vestimenta saudável, pois permite uma melhor ventilação para nossa região íntima.

Hoje trouxemos pra vocês diversos modelos de lindos vestidos para se usar no dia a dia:


Soltinhos, com alças, modernos, que podem ser usados com sapatilhas, sandálias e até mesmo tênis.






Para valorizar sua peça, invista em acessórios como óculos despojados, pulseiras, fitas no cabelo, tranças, etc.



Vestidos sem alças, com babados.



Estilos coloridos, que lembram kinomos japoneses.




Estilos esporte, camisetinha.




"Ah mas eu não sou magérrima. Tenho coxas grossas, sou volumosa, quadril largo, vestidos não ficam bom em mim". É aí que você se engana! Para as amigas de coxas grossas como eu, uma dica para evitar o desconforto do atrito entre as pernas é usar um shortinho de lycra, algodão ou malha, agarradinho e curtinho mesmo (evite essas cintas de lingerie que aquecem demais e apertam a gente, shortinhos são bem mais práticos, e se rolar um ventinho a gente não paga calcinha haha).

Veja cada vestido lindo para nosso estilo de corpo todo violão:














Todas ficamos lindas de vestidos. É só achar seu estilo e cores prediletas. Uma dica pra comprar vestidos mais em conta é aproveitar esse final de inverno que as roupas de verão ainda estão mais baratinhas. Sites como Posthaus e lojas como Marisa trazem modelos para todos os tamanhos e preços ótimos. Aproveite a primavera e sinta-se linda!

Jakisses!

*As fotos não são de minha autoria

Porções de alimentos para ajudar na reeducação alimentar

Marcadores:
Se você está tentando eliminar os quilinhos extras, provavelmente já se perguntou se estava consumindo a quantidade ideal de cada alimento. Sim, decifrar o tamanho das porções pode ser uma tarefa complicada. Mas, não se preocupe! Essa pesquisa, publicada pelo McKinley Health Center, da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostrou uma maneira fácil de medir as porções: comparando a quantidade de alimento com objetos do dia a dia. E eles garantem: você não vai passar fome!
A pesquisa mostra que uma porção (30g) de arroz cozido deve ter o mesmo tamanho de uma bola de tênis.

Arquivo Boa Forma
A mesma quantidade de massa cozida (30 g) deve ser capaz de encher uma forminha de cupcake.

Arquivo Boa Forma
Quando você pensar em comer uma uva no meio da tarde, lembre-se que 15 uvas tem o mesmo tamanho de uma lâmpada.

Arquivo Boa Forma
Uma porção de uva-passa (45 g) é o equivalente a um ovo grande.

Arquivo Boa Forma
Enquanto um pedaço (30 g) de queijo tem exatamente o mesmo tamanho que uma bateria de 9 volts.

Arquivo Boa Forma
Quando se trata de carne cozida, 30 g de peixe ou frango deve ter o mesmo tamanho de um baralho (a pilha toda de cartas).

Arquivo Boa Forma
E uma porção (30g) de peixe grelhado ou cozido deve ter medida semelhante ao de um talão de cheques.

Arquivo Boa Forma
Gosta de frango assado no Domingo? Três porções (90g) da delícia devem ter o mesmo tamanho de uma coxa de frango ou peito pequeno.

Arquivo Boa Forma
Quando quiser experimentar um snack, use as mãos para medir o quanto você pode consumir. ½ xíc. (chá) de batatas fritas, bolachas ou pipoca devem ter o tamanho da mão de um homem.

Arquivo Boa Forma
Se optar por uma porção menor, 1/3 xíc. (chá) a medida é o da mão de uma mulher.
FONTE: MdeMulher
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...