PAPO DE MULHER AJUDA: Homens pedindo Ajuda

Oooi minhas tchuqui-tchuqui.

O papo de mulher tem recebido vários e-mails pedindo conselhos, e todos de teor amoroso. Nós, do papo de mulher, temos tentado ajudar, e pela contínua procura de conselhos, os resultados tem sido bons.

Embora o blog se chame "Papo de Mulher" e seja direcionado ao público feminino, isso não quer dizer que não possa ser acessado pelo gênero masculino. Muitos homens tem acessado o blog e encontrado nele respostas que precisavam a respeito das mulheres. E se eles também tem dúvidas, por que não ajudá-los?

Recebemos um e-mail especial de um homem. Vamos chamá-lo de Luke. Leiam só o que ele escreveu:



"Há mais ou menos 2 anos, eu era apaixonado por uma menina com quem estudava, e ela sempre disse que a gente era muito amigo e tals. Levei isso na boa e continuei a amizade. Mas sempre tive uma queda por ela.

Hoje a gente estava conversando, eu falei algumas coisas que na época num tinha coragem de dizer e tudo, foi um papo bem legal, porque eu pude desabafar um pouco. Mas também aproveitei pra jogar uns verdes. Ela disse que hoje eu podia entender, que eu sempre fui um irmão pra ela e tals, mais como ela sempre "deixa no ar" quando eu passo uma cantada ou brincadeira, eu disse: "você fala que eu sou seu maninho...mais eu tenho certeza que nessa sua cabecinha passam alguns desejos incestos..." e ela apenas respondeu com um "ai L. huahuahuahuahauhauahuah"

Essa foi apenas uma das vezes que eu fiz um comentário assim e ela só riu e disse e "ai ai" tirando que ela SEMPRE fica me provocando, dizendo às vezes que está bem melhor que antes, ou provocações de cunho sexual mesmo uma vez a gente sempre teve uma certa liberdade pra essas coisas.

Queria uma opinião feminina, e como minha irmã menor sempre acessa o blog, eu pensei eu pensei em perguntar para a Jess, o que ela acha disso... se ela é afim de mim, mesmo com esse discurso de só amigos... e outra, uma vez em uma festa, eu pedi pra dançar com ela, normal, e ela disse "não", e eu perguntei “não confia em mim?” e ela disse “não...é em mim que eu naun confio...”

Peço desculpa por ser tão extenso na pergunta. Beijos Jess

PS: Vc é linda, se ela realmente não quiser nada no fim das contas...casa comigo? =*"


Galanteador, não? sjaisjaishuahsuahsua


Senhor Luke, senhor Luke ...

Vamos analisar seu caso com carinho agora:

Bem, pelo seu e-mail conseguimos extrair um pouco do seu perfil. Você parece ser uma pessoa bem humorada, com aquele charme brincalhão que as mulheres adoram.


Seu caso é interessante, porque é assim que muitos amores começam: com a amizade.

Pelo que percebi, a mocinha que você cita no e-mail não te corta quando você "joga uns verdes" nela, mas também diz que você é como um irmão para ela. Eu não deveria te contar isso, mas essa é uma arte feminina. Para entender melhor, veja do seguinte ângulo.

Os homens que não tem certeza se são correspondidos pelas garotas costumam iniciar seu (com o perdão da palavra) ataque com brincadeiras. Daí vem o ditado "toda brincadeira tem um fundo de verdade". E as mulheres são espertas e sabem entender as entrelinhas. Elas percebem facilmente quando um cara está apenas brincando ou quando está querendo algo mais. Nessa percepção, quando elas querem o mesmo que o rapaz, suas reações são risadinhas favoráveis que deixam em aberto a liberdade para que eles continuem. Mas, se elas não querem nada com ele, cortam imediatamente a graça com um tom seco.


MAS NÃO SE DEIXE ENGANAR. Toda regra tem exceção. Algumas mulheres podem rir apenas por educação, para não chatear o rapaz que se joga pra elas. É nessa hora que o cara tem que ter o mínimo de discernimento e saber ser sensível ao entender se a mulher o quer ou não.


Pelo que li no seu e-mail, a liberdade que vocês tem de fazer brincadeiras até mesmo mais "profundas" dão a entender que há uma certa retribuição da parte dela. Sem contar a frase "é em mim que eu não confio". Rá! É o tipo de provocação feminina mais favorável, meu caro L.

Mesmo assim devo ressaltar que existem mulheres que curtem provocar porque gostam da arte de seduzir, e não porque querem realmente alguma coisa com o carinha em questão. E como um homem pode saber se ela quer ou não? Aí é só se arriscando, chamando na xinxa, meu irmão.


Dentre pontos positivos, eeeeis o ponto negativo. Ela dizer que te considera um irmão. Irmão dá a idéia de santidade, tão intocável quanto a mãe ou o pai. Laços sanguíneos impossibilitam o teor sexual, em mentes sadias e normais. Mas quando você brincou com a questão do incesto, ela riu... e isso destruiu o argumento fraternal dela, o que mostra que você não é nada intocável para ela.

Bem Luke, não posso afirmar nada, mas posso te dar opções. Vocês tem um relacionamento muito legal, e seria triste prejudicar uma amizade por um mal entendido. As duas opções que te dou é o "Jeitão Paulista" e o "Jeitinho Mineirinho".

Jeitão Paulista


O que um homem apaixonado de verdade faria? Conversaria sério com a amada. Você disse que já conversou com ela, mas deixou claro seu ponto de vista? Disse a ela que não quer ser só amigo? Tentou beijá-la? Os indícios corporais também ajudam. Não estou dizendo para você agarrá-la, mas com seu jeito mesmo tentar dar um rumo nessa história. Manere no tom de brincadeira quando for conversar sério sobre isso, mulheres também gostam de firmeza. Você tem que ter coragem e chamar a mocinha na xinxa meeeesmo! Afinal, paulista não tem tempo a perder, e vocês já perderam muito tempo, não?




Jeitinho Mineiro


Por um outro lado, você tambem pode continuar apenas amigo dela. Esse é o jeitinho mineiro come quieto. Fique na brincadeira, continue jogando seus verdes, comendo quieto pelos cantos. Se aproxime mais e mais dela, fisicamente e sentimentalmente. Toque nela, com jeitinho brincalhão, faça cocegas, acaricie o cabelo, elogie a beleza dela. O tempo vai te tornar cada vez mais íntimo, e seus corpos seguirão a atração natural que a intimidade leva. Assim, quando ela der por si, estará beijando você. Parece um jeito mais fácil, mas é perigoso. Ele leva tempo, e outro garanhão pode aparecer na parada e roubá-la de você. Enquanto o mineiro come quieto pelos cantos, a comida esfria e perde o sabor. Pense nisso...




Relaxe Luke, as coisas acabam por seguir seu rumo. Se no fim das contas ela não te quiser mesmo, é bom saber que você tentou, e que não perdeu muuuito mais tempo tentando conquistar uma garota que não valia a pena o esforço. E se conversar sério sobre o relacionamento prejudicar a amizade, na boa, você pode por pelo menos 90% da culpa nela. Afinal, quem deu liberdade para as brincadeiras continuarem? Feminista, feminista, liberdades a parte.


Espero ter ajudado Luke.
Ah, e obrigada pelo elogio. E quanto ao pedido de casamento, já sou comprometida... Jacob Black do Crepúsculo vai desistir da Bella Swan e vem me buscar um dia *-*
ahsuahsuahsuahsusahsau


(Vem buscar eu, amooor)


E você? Tem alguma dúvida?
Precisa de um conselho?
Escreve pra gente, na aba "Ah, pergunta?"
Obrigada pela confiança
Jakisses!!!
  1. Ai, como esse Taylor é gaaaatooo! Meu Pai de misericórdia... pof*
    HSAUHSUAHSUAHSUAHUSHA

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...