Sessão Desperdício - Niko (Amor à Vida)

Hey ho meninotas queridas!

Lembram da Sessão Desperdício

Pra quem não se lembra, a Sessão Desperdício traz rapazes gatos que são gays. Na última postagem que fiz nessa sessão houve uma polêmica sobre o nome da sessão ser 'Desperdício', pois algumas pessoas interpretaram como preconceito aos gays. Querido, longe de mim disseminar qualquer preconceito nesse blog. Sou super a favor dos gays, e levanto a bandeira dos seus direitos. Porém, ao dizer que eles serem gays é um desperdício, tudo aqui não passa de uma brincadeira, pois para nós mulheres, gatos como esses que passam por nossa sessão serem gays é um desperdício porque nunca teremos uma chancezinha qualquer. Então parem de chatice, e vamos curtir mais uma Sessão Desperdício.

O gato da vez é o personagem Niko, da novela Amor à Vida, interpretado por Thiago Fragoso. Mais uma vez, antes de criticar, sejam legais e prestem atenção: EU SEI QUE O THIAGO FRAGOSO NÃO É GAYS, e que é lindíssimo, diga-se de passagem. Porém, quem está no foco do post hoje é o Niko, o personagem vivido por ele, que é gay dos pés à cabeça, mas que se existisse e fosse hétero, seria o príncipe encantado perfeito.



Niko




Niko é apelido. O nome mesmo do rapaz é Nicolas Corona. Ele é um loiro alto malhado gato com a barba por fazer. É cozinheiro e é dono de um restaurante japonês, tudo de lindo e tudo de chique. Além dessas mil qualidades, é rico e adora crianças, tendo como maior sonho ser pai e constituir uma família.




Niko tinha uma união estável com Eron, com quem morava junto. Os dois decidiram procurar uma barriga de aluguel para realizarem seu sonho de terem um filho. Confiaram então na bruxa loira chamada Amarilys, que tinha no coração guardado o desejo de roubar a família que Niko queria constituir.Amargada pelo fato de não conseguir engravidar por inseminação artificial, Amarilys se enfiou na cama de Eron a fim de conseguir tal feito, com a desculpa de que estava transando com ele pensando no bem do Niko que ficaria muito triste ao saber que a inseminação não tinha dado certo.



Quando o bebê nasceu, Amarilys seduziu Eron, que ludibriado pela ideia de ser pai do pequeno Fabrício, caiu nas garras da loira e trocou nosso cozinheiro gatão pela cobra criada. Niko entrou, então, na justiça e pediu um exame de DNA, e comprovou que o filho era seu - SÓ SEU. Nem Amarilys, nem Eron teriam direito sobre a criança, visto que na verdade a última inseminação havia vingado, com o espermatozoide de Niko e o óvulo de uma doadora.

Se fode ae Amarilys rs


Depois de ainda ter seu filho roubado por Amarilys e ter que ir buscá-lo em Angra dos Reis, Niko teve que aguentar a lacraia de olhos azuis (como o Félix apelidou o Eron) implorando pra voltar. Porém, o cozinheiro não voltou atrás e atualmente nutre sentimentos pelo ex-vilão da novela, seu anjo da guarda que lhe ajudou muito, Félix.



Meninas, esse Niko é um sonho. Fofo, bonzinho, cozinheiro, lindo e família. Ai, ai, se os héteros se esforçassem mais, não é mesmo?

Apesar de acharmos um desperdício, desejamos nesse fim de novela que o Niko seja muito feliz com o Félix. Dizem as revistas de fofocas que essa semana os dois vão dormir juntos. Que fofos. E que inveja.


Jakisses!!!

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...