Como lidar com a Rejeição?

Marcadores:
Toda forma de rejeição, seja no amor, na carreira, com amigos, uma proposta de livro ou qualquer outra coisa, não é algo que deve afetar a sua felicidade. A rejeição não faz você se sentir ótimo e às vezes parece incompreensível, mas não deve ser algo que você permita que tire a felicidade de sua vida. O sofrimento que acontece numa rejeição vem do pensar demais sobre a "perda" que você sente que está sofrendo, seja a perda de uma oportunidade, uma relação especial ou uma perda de algum outro tipo. A realidade sobre a vida é que a rejeição vai fazer parte dela, haverá ocasiões em que a sua candidatura, o seu pedido para sair com alguém ou as suas ideias para uma mudança serão rejeitadas por alguém, em algum lugar. É uma atitude saudável aceitar que a rejeição é um aspecto da vida e reconhecer que o que realmente importa é encontrar o caminho para se recuperar e tentar de novo.

Passos

  1. Reconheça que qualquer um pode ser rejeitado. Além disso, a rejeição acontece ao seu redor o tempo todo. Em outras palavras, você não está sozinho. Obviamente, você teria preferido que isso não tivesse acontecido, mas aconteceu. E mais, não importa quem você seja, a rejeição vai acontecer sempre, agora e depois. Tentar evitar só vai limitar a sua experiência de vida, e não melhorá-la.

  2. Permita se sentir mal no começo. É normal se sentir mal, por isso não tente reprimir sua decepção e tristeza. No entanto, não se permita se sentir assim por muito tempo - você corre o risco de marcar seus futuros empreendimentos com uma impressão negativa se você começar a ver isto como algo que vai acontecer de novo, não importa o que você faça. Você ainda tem o controle, você ainda tem a oportunidade de aprender com esta experiência e abordar o futuro de forma mais sábia e mais fortalecido.


  3. Compreenda que sentimentos de tristeza contínuos são auto-ilusões. Por exemplo, se a rejeição que você experimentou foi a de que alguém negou seu pedido para sair com essa pessoa, sua tristeza contínua é um reflexo da crença de que você precisa da pessoa em sua vida para se sentir feliz. Isto não é verdade. Estar na companhia das pessoas, conversar com elas, beijar uma namorada - tudo isso são apenas prazeres. Eles certamente podem trazer uma felicidade temporária, mas eles não são permanentes e não definem suas próprias escolhas para ser feliz. Se você continuar a pensar que esses prazeres são o que constitui a verdadeira felicidade, você vai continuar se enganando em acreditar que você deve se sentir terrível porque você não tem a pessoa ou não tem a oportunidade. Essa perseguição de um prazer com base apenas no que você não tem pode facilmente se tornar um vício que só traz mais tristeza ao longo prazo.

    • Prazeres são temporários, eles vem e vão e não tem lugar permanente em sua vida. Compreender isto vai ajudá-lo a entender que os prazeres não são a fonte de sua felicidade. Ser feliz é um processo interno, algo que vem de dentro. Ao perceber que a rejeição não é a perda de sua felicidade interior, você não vai se fazer sofrer.

    • Existem apenas duas maneiras do seu humor poder ser afetado pelos outros. Ou você pode ter sido escolhido para estar com alguém ou para fazer algo e você vai adicionar o prazer dessa experiência à sua vida já feliz, ou, você vai experimentar a rejeição, mas o que é importante, nada terá mudado na felicidade existente em sua vida - a decepção temporária é normal, mas o seu nível de felicidade deve permanecer constante.

    • A vida não é sobre ser triste e procurar por coisas que façam você feliz. Mas sobre ser feliz e participar dos prazeres que dão um impulso à sua vidajá feliz.

  4. Não procure evitar a rejeição e fingir que é algo com o qual você deve aprender a "conviver". Quando você se libertar das ilusões de necessidade impulsionada por forças externas, você vai se livrar da dor associada com a rejeição. A rejeição não causa dor, meu amigo. Só você causa.

  5. Não interprete a rejeição para o lado pessoal. Essa frase dita comumente não está em desacordo com o fato de que a rejeição provavelmente seja sentida como algo muito pessoal. O que está por trás desse sentimento é que você muitas vezes está em uma das pontas de algo muito mais complexo do que você é capaz de determinar. Para você, é uma simples questão de um "não" ao seu pedido, proposta, esperanças e sonhos. Para você, pode haver semanas, meses ou anos de planejamento, sonhando e se preparando para o seu pedido. Mas ainda existem dois lados nessa história: Primeiro, a pessoa que rejeita muitas vezes desconhece os custos para você em termos de tempo, recursos e energia gasta. E mesmo que essa pessoa seja consciente disso, você provavelmente está menos consciente do que a pessoa que rejeitou teve que levar em conta para chegar a uma decisão de recusar o seu pedido. Por exemplo, uma pessoa pode rejeitar o seu pedido de sair em um encontro porque ela ainda está se desligando de um relacionamento longo do qual ela não gosta de falar abertamente. Ou, o empregador recebe 5 mil candidaturas à vaga igualmente excelentes de pessoas que tem se esforçado tão dura e bravamente quanto você e ele teve que usar motivos muito básicos para rejeitar a maior parte da pilha, a fim de ser capaz de lidar com o fluxo de candidatos. Ou, seu quadro pode não ter sido aceito porque a galeria teve que garantir uma variedade de óleos sobre tela e aquarelas para os visitantes e teve que tomar uma decisão difícil, porque havia um número já muito grande de óleos sobre tela e poucas aquarelas.

    A rejeição é muitas vezes baseada na complexidade dos sentimentos da pessoa que tomou a decisão ou na complexidade da situação anterior à decisão. É mais provável que seja algo a ver com a logística, necessidade de simplicidade, uma incerteza interna ou uma falta temporária de atração que faz com que aconteça a rejeição, em oposição a uma pura aversão ou descrença em suas habilidades, dignidade ou capacidade. E mesmo que você tenha descoberto que você foi rejeitado porque seus esforços não atingiram o necessário, isto não tem a ver com seu sentimento de inutilidade - e sim com a necessidade de continuar a aprender, experimentar e crescer até o seu potencial máximo. Não faça da rejeição um motivo para questionar seu próprio valor - é isso o que basicamente significa não levar a rejeição para o lado pessoal.

    • Tenha cuidado se você é daqueles que pensam "eles deveriam". Este estilo de pensamento exige que as pessoas se comportem de uma determinada maneira, como "eles devem reconhecer o quão brilhante/talentoso/ extraordinário eu sou". Deixando de lado se você está ou não realmente fazendo o suficiente para provar as coisas que você sente que os outros deveriam estar vendo em você, esse tipo de pensamento passa o seu poder para outras pessoas e o deixa em uma posição de depender da aceitação dos outros para você se sentir bem consigo mesmo. Este padrão de pensamento escorregadio faz o risco da rejeição ser uma ocorrência presente em sua vida, porque você se mantém na posição de ser julgado ou ser necessário.

    • Saiba que muitas pessoas se sentem mal quando tem que rejeitar uma solicitação. Poucas pessoas rejeitam pedidos por maldade ou pura diversão.

  6. Se alguém rejeitar você, respeite os desejos dele ou dela e deseje a essa pessoa apenas o bem. Você não precisa evitar completamente a pessoa (ou a organização, negócios, etc. de que esta pessoa faz parte). As pessoas que rejeitam você não são uma necessidade para a sua vida, mas isso não significa que você deve odiá-los. Por quê? Porque é mais prazeroso desejar o bem para os outros do que odiá-los. Experimente. Ódio inflige dor em sua própria vida e faz com que você deixe a rejeição se acomodar em sua mente.

    • Se você for rejeitado por uma pessoa, não culpe ou odeie ele ou ela, mesmo que ele ou ela foi desagradável em relação a isso. Uma vez que um relacionamento acabou ou não aconteceu, não há motivo para chorar e fazer disso uma grande coisa, já que você não precisa dele para se sentir feliz. Você pode se sentir decepcionado porque as oportunidades com a pessoa não se concretizaram, mas perceba que você não "precisa" da pessoa para se sentir completo, vai ser muito mais fácil para você desejar-lhe apenas o bem na vida. Você vai se sentir muito melhor (e mais saudável) se você cultivar sentimentos amistosos.

    • Se a sua opinião sobre a pessoa não mudar, então não há necessidade de evitá-lo(a). Se você ainda sente prazer em falar com a pessoa, então por que parar? Ele não vai machucar você se decidir não falar com você, porque não há como perder a verdadeira felicidade de sua vida. Você só perdeu o impulso temporário que estar com essa pessoa teria lhe dado.

    • Seja educado. Independente do que esteja acontecendo dentro de você, seja educado externamente. Você não vai conseguir nada explodindo ou insistindo de maneira intimidante que a pessoa que o rejeitou repense a sua decisão. Educação e paciência vão mostrar para as pessoas o seu valor e determinação para continuar.

  7. Evite cair na armadilha de viver na esperança de que a pessoa que rejeitou você mude de ideia. Não há nada de errado em ter uma vaga esperança de que este pode ser o caso, mas ser consumido pela possibilidade fará com que você deixe sua vida esperando e não progrida do seu próprio jeito. Não sinta que você precisa que a pessoa mude de ideia para que tudo dê certo para você - você só vai acabar se torturando. Se uma pessoa rejeitou você por falta de atração, isso provavelmente não vai mudar e ficar forçando-a só vai trazer infelicidade. Se uma pessoa o rejeitou porque ele ou ela sentiu que você não se encaixa no perfil da empresa, é improvável que isso mude se o seu CV está preenchido com o oposto do que eles estão procurando. É melhor simplesmente aceitar que essa possibilidade passou e seguir em frente, mais sábio. Na certeza que onde você está agora existe uma probabilidade de torná-lo mais bem sucedido ao fazer propostas futuras.

  8. Reveja as possibilidades. Em alguns casos, você pode ter um grande controle sobre o motivo pelo qual você foi rejeitado. Por exemplo, talvez você foi desleixado na forma como você preencheu um formulário, ou talvez você não completou o curso de direito para ser promovido. Em tais casos, tome o conselho construtivo que a rejeição está oferecendo e construa a partir disso para melhorar. Não há absolutamente nenhuma necessidade de sabotar o seu futuro - sempre há coisas que você pode mudar de forma ativa. Isso inclui coisas como a obtenção de um emprego ou promoção, espalhar o seu portfólio por aí, conseguir uma boa posição na equipe e até mesmo em relacionamentos. E mesmo que você não possa mudar o fato de uma pessoa ser ou não atraída por você, você pode certamente melhorar a sua aparência e boas maneiras, o que só poderia melhorar os sentimentos da outra pessoa em relação à você. E mesmo que não mudar, desde que você faça coisas para melhorar o seu próprio senso de bem-estar e confiança, sem depender de qualquer pessoa para lhe trazer a felicidade, então você vai atrair mais oportunidades positivas em sua vida.

    • Às vezes você precisa perguntar por que foi rejeitado, especialmente onde não há razões claras. Não seja tímido. Se for uma transação comercial, o fato de não ter sido aceito em um curso ou não conseguir que os seus materiais fossem exibidos em uma mostra de artesanato, haverá sempre pessoas responsáveis com quem você pode conversar diretamente ou por e-mail. Eles podem muito bem dar-lhe dicas e conselhos sobre o que você precisa fazer para melhorar suas chances da próxima vez. Acima de tudo, não tenha medo de perguntar se eles estão dispostos a treinar ou orientar você, ou pelo menos, rever a sua aplicação/trabalho/esforços, etc., antes de você enviar da próxima vez. A maioria das pessoas fica realmente impressionada por uma pessoa disposta a aprender e melhorar. (Lembre-se de ser razoável quanto você perguntar aos outros - todos somos ocupados.)

  9. Tente novamente. Na maioria dos casos, vale à pena tentar de novo. Talvez a principal exceção a isso é na tentativa de forçar o amor - só tente novamente convidar uma pessoa para sair se tiver certeza de que ambos chegaram a um maior entendimento e conscientização sobre o outro e você está se aproximando com um novo pedido com maturidade e aceitação plena que a rejeição pode ser o resultado de novo. No caso de empregos, vendas, aplicações, etc., tentar de novo é geralmente a única maneira de chegar lá.

    • Alguns clubes, empregos e coisas do gênero vão perguntar para você se você já se inscreveu antes. Não seja dissuadido por essa pergunta - somente nos casos em que o lugar deixa claro que "os candidatos anteriores não precisam se inscrever" é que não lhe darão uma segunda chance. Mesmo assim, é uma boa você se aproximar de alguém responsável e descobrir por que essa barreira existe e como você pode dar um jeito nisso. Tenacidade deve ser sua motivação número um ao superar uma rejeição.

    • Esteja ciente de que a rejeição é por vezes utilizada como um filtro para se livrar de pessoas que carecem de entusiasmo e determinação. Em alguns casos, o fato de não aceitar um não como resposta vai contar muito a seu favor!

  10. Lembre-se sempre, você não precisa de nada externo para se sentir feliz. As coisas só podem lhe trazer felicidade temporária. A única felicidade permanente é encontrada ao compreender isso e em reconhecer a grandiosidade de estar vivo.


Dicas

  • A maioria das conquistas e aceitações tem a ver com trabalho duro. Às vezes, não estamos tão dispostos a confessar a nós mesmos que ainda temos mais trabalho a fazer antes de estarmos tão preparados quanto precisamos estar. Se entusiasme com suas chances, mas também seja realista - se ainda há algum aprendizado e experiência necessários, vá atrás disso para ser aceito, em vez de ficar reclamando sobre a rejeição.
  • Rejeição é apenas um caso de você descobrir que uma determinada pessoa ou organização não estava interessada em você, quando relacionada ao amor, trabalho ou alguma outra atividade em sua vida. Isso não quer dizer que isso serve para o resto do mundo, por isso não presuma que todo mundo vai agir da mesma forma.
  • Saiba que se você for rejeitado no amor e relacionamentos, há sempre alguém por aí, e uma alma gêmea para você.
  • Mesmo se você for rejeitado em algo e tentar de novo, saiba que você pode ser rejeitado mais uma vez. A vida não é justa, mas não são essas circunstâncias da vida que lhe fazem feliz em primeiro lugar.
  • Procure ajuda profissional se você continuar se sentindo deprimido após uma rejeição. Álcool ou drogas não vão ajudar.
  • Encontre uma maneira de relaxar depois de uma rejeição. Algumas pessoas recorrem à fé, outras a um banho quente e meditação. Encontre maneiras para limpar sua mente, superar os sentimentos ruins e restaurar o seu equilíbrio.
  • Se alguém rejeitá-lo no amor, isso não significa que você deve se sentir mal sobre algo ou sobre si mesmo. Significa apenas que a pessoa não sente atração. E você não pode forçar isso.

Avisos

  • No caso de tentar conseguir um encontro, se a pessoa que o rejeitou começar a dar em cima de você depois que ele ou ela o rejeitou, mas ele ou ela ainda não quer se tornar seu parceiro ou ficar mais profundamente envolvido, você tem que perguntar a si mesmo se você gosta de simplesmente flertar. Muitas pessoas não terão qualquer prazer com isso, porque eles sabem que não vai levar a lugar nenhum. Se você for uma dessas pessoas, então expresse o seu desinteresse pela pessoa. Se as coisas saírem do seu controle e ele ou ela se recusar a ter algo íntimo com você mas continua flertando, e você ainda não encontrar prazer nisso, você pode querer perder o contato com essa pessoa, porque você não sente prazer em estar com ele ou ela. Isso não significa que você deseja mal a essa pessoa, mas sim que você tem senso de autoproteção e age de forma realista.
  • As pessoas nem sempre vão retornar a você quando você pedir feedback sobre a rejeição. A vida é assim - às vezes, eles estão muito ocupados, outras vezes eles estão com falta de palavras quanto à forma de explicar algo de uma forma que não vai soar muito grave ou pessoal. E, às vezes, eles realmente não podem ser interrompidos. Novamente, não encare isso de forma pessoal - veja se você pode encontrar alguém que você confia e que tem tempo para falar sobre o que aconteceu com você, para tentar e ver como fazer melhorias futuras.
  • Se você continuar a encarar a rejeição como algo extremamente pessoal, considere conversar com um terapeuta - se você está sofrendo de depressão, ansiedade ou outros problemas de saúde mental, você pode não ter a resistência necessária para lidar com as pressões contínuas da vida e precisa de apoio adicional. Não é algo para se envergonhar ou temer - toda pessoa precisa de um guia na vida uma hora ou outra.


    Fonte: WikiHow

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...