Estatuto das Garotas que vão para onde QUEREM!

Marcadores:
Era uma vez um príncipe encantado... daí você começou a namorar ele... ele virou um SAPO! E vocês viveram tendo conflitos para sempre. Fim.


Esse é o conto de fadas da maioria das mulheres hoje em dia. Os homens uivam aos sete ventos que somos complicadas, mas eles são muito mais que nós.

Homens dizem que não gostam de frescura e nem cu doce, mas se somos carinhosas com eles, eles se sentem sufocados. Homens dizem que gostam da liberdade, mas se queremos ir ao shopping com uma amiga eles acham ruim. Homens dizem que celulite não importa, mas seca a bunda de uma panicat na TV como se nunca tivesse visto uma. Homens...

A questão é que as mulheres são loucas, neuróticas, depressivas exatamente porque se relacionar com um homem é extremamente complexo. Nunca sabemos o que vai agradá-los, e quando seguimos o conselho de milhares de poemas sendo nós mesmas, damos com os burros n'água. Quando vemos a forma como nosso namorado se relaciona conosco (exigindo liberdade e ao mesmo tempo atenção, exigindo que concordemos com ele mas que também tenhamos opinião própria) e  a forma como o filho da puta tratante se relaciona com seus amigos desgraçados malditos e odiosos (lambendo o cu deles e rindo de qualquer piada que ele faça, além de relevar qualquer mancada), nos sentimos idiotas... e com razão.

Quando amamos e queremos dar nosso melhor, sempre tomamos no cu. Tomar no cu é sinônimo de amar. Amar é se FUDER mesmo. Porque num namoro, um sempre vai ceder mais que o outro, e esse coitado altruísta vai ser devorado pelas infantilidades do outro. Por isso que recebo 300 e-mails por dia de meninas apavoradas com o fim do seu namoro, tudo porque um cretino bateu o pé e elas cederam, e aí perderam a graça.

Eu sei o que diz o mandamento principal do Estatuto das Garotas que vão para o Céu: seja você mesma, releve ofensas, não ponha mais lenha na discussão. Estatuto das Garotas que vão para o Céu, VAI PRA PUTA QUE TE PARIU!










Pois tenho comigo o Estatuto das Garotas que vão para onde querem:



- Você é linda, não importa o que ele diga.

- Panicats são carne de açougue, não sabem ler, nem conversar, e devem cagar muito pelo tamanho de suas bundas.

- Não interessa o que a mãe dele pensa sobre você.

- Não interessa o que os amigos dele pensam sobre você.

- Amigos de namorados são viados  mal comidos.

- O "eu te amo" deve ser raro em seu vocabulário.

- Só dê presentes uma vez por ano. Esqueça a data do aniversário dele, ou o dia dos namorados, ou quem sabe a data de aniversário de namoro de vocês.

- Deixe ele jogar bola com os mal comidos quantas vezes ele quiser.

- Tenha bastante amigas solteiras (elas levantam seu ego e te levam pra paquerar no shopping).

- Não cobre afeto, nem presentes, nem carinho. Você não é mendiga pra pedir nada.

- Saiba combinar doçura com indiferença.

- Sorria. Homens ficam com o cu na mão perto de mulheres seguras de si.

- Se arrume sempre. Homens ficam com o cu na mão quando sua namorada é linda o tempo todo.

- Chocolate dá tanto prazer quanto sexo.

- Se ele não te satifaz, não finja nada. Ele é péssimo na cama e precisa saber disso.

- Estude! Mulheres inteligentes e independentes acabam com qualquer machismo.

- Tire carta. Não dependa do carro dele. Isso te liberta a sair sem ele, quando ele for jogar o maldito futebol com os viados mal comidos.

- Ame a si mesma antes de amar ele.


Vejam bem, queridas. Esse estatuto não visa criar mulheres frias e mal amadas. Não... ele visa conscientizar vocês de que lamber o chão que o namorado pisa não vai te levar a nada. Porque ele começa a se achar melhor que você, começa a menosprezar você, começa a te tratar mal, e quando você menos espera ele mete o pé na sua bunda.

Você não precisa ser uma cretina. É possível ser feliz no namoro pondo o namorado no lugar dele: do seu lado, sem sufoco nenhum. Mesmo ele tendo o espaço dele (pra jogar futebol ou dar o cu), ele vai estar sempre pensando em você... porque você vai estar no seu espaço, onde ele não existe (assim como você não existe no futebol). Isso preocupa, isso gera o sentimento de cuidado, e faz do seu namorado egoísta um homem melhor.





Infelizmente, homens tem uma grave tendência a ser um cretino. Por isso nós mulheres sofremos tanto para conseguirmos manter um relacionamento com eles. Porém, se queremos ser felizes, temos que saber equilibrar nossa identidade com o afeto que temos por eles. Por isso esse estatuto soa tão cruel. Mas quem colocá-lo em prática vai sentir que não é tão cruel assim. É um mal necessário.

Falo por experiência própria. Estou em terapia comigo mesma para recobrar a velha JeSs que era impulsiva, dona de si mesma, autêntica e feliz com o espelho. Tenho perdido minha essência por amor. Mas pretendo mudar. E vou conseguir... e vou começar hoje. Porque quem, como eu, já esteve no fundo do poço por causa de um CUZÃO que não soube dar valor pro que tinha, sabe muito bem que homem NENHUM vale a pena quando se trata de você mesma.







Jakisses!


  1. Girl!
    Vc disse tudo que eu queria dizer...

  1. A-D-O-R-E-I esse post, ainda mais hoje que ele tá se achando...tenho que me valorizar e se o relacionamento perdurar é porque tinha que dar certo, não porque ficarei me humilhando, por um motivo tão banal, cedendo às infantilidades de ninguém! Sou mulher e espero um homem para estar ao meu lado! Simples assim.
    Michele

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...