Maio: Mês das Noivas 2 - O buquê ideal

Marcadores:
O vestido da noiva é perfeito, a decoração da igreja está linda e a felicidade do casal é visível. O que falta para tornar esse cenário ainda mais especial? O tradicional buquê ganha cada vez mais espaço nos casamentos atuais. "Antigamente as noivas subiam ao altar com ramos de arruda ou pimenta, pois acreditavam que, assim, afastariam a inveja. O que era só superstição se transformou em uma das peças-chave da cerimônia", afirma a gerente-comercial da floricultura online Florencanto, Ana Lucia Bernardes.







Arranjos e formatos





A escolha do buquê certo depende do biótipo da noiva, do estilo de casamento e do horário em que a cerimônia será realizada. Existem três opções no mercado. "Hoje em dia, o modelo mais procurado é o redondo, pois é mais clean e moderno", garante Ana Lucia Bernardes. Esse formato é apropriado para as noivas de baixa estatura e magras, e pode ser usado tanto de dia quanto à noite.






O buquê do tipo cascata tem um visual bem natural e é indicado para as mulheres altas ou mais gordinhas, além de combinar melhor com os casamentos realizados à noite.





“Os buquês feitos de folhas servem para atrair boas energias para o casal. A cor verde traz esperança aos corações apaixonados”





Já o buquê estilo braçada tem um ar casual e é perfeito para as cerimônias que acontecem pela manhã ou ao ar livre. Também fica bem nas noivas de maior estatura e que estão acima do peso.










Flores e cores





A flor campeã entre as noivas é a rosa, mais indicada para os buquês redondos. Para os do tipo cascata são recomendadas orquídeas, lírios e copos-de-leite. Já para o buquê braçada, lírios, tulipas, alecrim, orquídeas, rosas e copos-de-leite caem perfeitamente bem.




Segundo Ana Lucia Bernardes, a cor vermelha ainda é a favorita entre as mulheres que vão se casar, mas também fazem sucesso os tons de azul e lilás.



Anote: os buquês feitos de folhas servem para atrair boas energias para o casal. A cor verde traz esperança aos corações apaixonados.






Para os casamentos realizados durante o dia, é preferível usar flores com cores mais suaves. Os buquês com tons mais fortes e intensos estão liberados para as cerimônias noturnas. O clássico branco combina com qualquer estilo de casamento.







Detalhes que fazem a diferença





Alguns detalhes podem deixar o buquê sofisticado e charmoso. Para o acabamento dos arranjos, os profissionais têm utilizado broches, jóias, alfinetes, pérolas, strass, arames coloridos, canela, laços, plumas, frutas, tecidos naturais e purpurina.




As fitas de cetim e tule, material preferido das noivas, simbolizam o enlace do casal. "Se o vestido tiver muito brilho, evite o brilho no buquê. O mesmo acontece com os laços. Esses cuidados são necessários para que o visual da noiva não fique muito pesado", sugere Ana Lucia Bernardes.




Atualmente, as noivas podem escolher entre as várias novidades que o mercado apresenta. Muitas mulheres preferem carregar um terço até o altar em vez do tradicional buquê. Os mais usados são feitos de cristal, que dão um ar clean e sofisticado ao visual da noiva.





Outra inovação que tem tornado os casamentos mais modernos e originais são os buquês de cristal, confeccionados com as mesmas jóias e acessórios utilizados nas tiaras e coroas. "Também há bastante procura por apanhados de trigo verde, rosa importada solitária ou acessórios diferentes como, por exemplo, a pimenta", explica Ana Lucia Bernardes.





Curiosidades e dicas





- Na Idade Média, a maioria dos casamentos ocorria no mês de Junho, o início do verão. O primeiro banho do ano só era tomado em Maio, então, em Junho, o cheiro das pessoas ainda era tolerável. No entanto, para disfarçar os odores que já começavam a incomodar, as noivas carregavam buquês de flores junto ao corpo.




- Os profissionais da área sugerem que a noiva encomende o buquê com, pelo menos, três meses de antecedência. Muitas vezes, a floricultura solicita a foto do vestido, amostras da decoração da igreja e da recepção, além de uma análise da personalidade da noiva e do estilo da cerimônia.





- A noiva deve segurar o buquê encostado ao corpo. Isso evita que os convidados percebam as mãos trêmulas, caso ela esteja nervosa. O buquê deve ser apoiado do lado direito do corpo, logo abaixo da cintura. Além disso, o arranjo não deve pesar mais de 300 gramas.






- Não é recomendado que se utilize as mesmas flores e cores da decoração da cerimônia no buquê, pois ele é uma peça única. "É necessário bom senso. As flores devem combinar entre si e as cores têm que ser harmônicas", diz Ana Lucia Bernardes.






- Geralmente, o buquê que é jogado às convidadas solteiras não é o mesmo usado pela noiva na igreja. Os ateliês e floriculturas costumam confeccionar um buquê em tamanho reduzido exclusivamente para esse fim.






- O buquê das damas de honra é feito no mesmo estilo do da noiva, com algumas alterações. A flor mais utilizada nesse caso são as minirrosas.





- Os preços dos buquês variam, principalmente, de acordo com a flor escolhida. "Pequenas variações acontecem devido ao acabamento ou tamanho do buquê. Existem arranjos a partir de R$150", afirma Ana Lucia Bernardes. O aluguel dos buquês de cristal pode chegar a R$420.






Bora casar que Maio ainda não acabou!!!!
Jakisses!!!!


Fonte: Bolsa de Mulher

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...