Momento Mulherzinha - Jogos Vorazes 1 e 2

Hey ho amadinhas queridas. Alguém aí estava com saudades do Momento Mulherzinha?

Você deve estar se perguntando: o que os filmes dos Jogos Vorazes estão fazendo no Momento Mulherzinha?



Bem, queridas pitchuletes, vocês devem saber que essa seção do blog tem um nome que ironiza o fato dos homens estereotiparem certas coisas que as mulheres gostam como frescurinha, chamando de 'coisa de mulherzinha'. E acreditem, depois de se cansarem de falar mal da nossa AMADA SAGA TWILIGHT, o homens resolveram pegar no pé dos Jogos Vorazes. Ultimamente, eles tem até mesmo comparado The Hunger Games com Crepúsculo (mas a gente que assiste os filmes de cabo a rabo antes de criticar sabe muito bem que existe um ABISMO entre os dois). Primeiramente, porque Crepúsculo é muito melhor que Jogos Vorazes (e é mesmo, não adianta fazer essa cara aí). Segundo, porque (e eu confesso), Jenniffer Lawrence samba na Kristen Stewart em questão de atuação (eu adoro a Bella, mas a Kristen é uma atriz ruim, encare a realidade). Terceiro, porque a Katniss é ativa e guerreira, bem diferente da Bella que passou os 4 livros e os 5 filmes sendo salva por todo mundo (eu sei que ela faz alguma coisa finalmente na guerra final contra os Volturi, mas isso não limpa seu passado de passividade e mimimi). E quarto (e prometo que é o último motivo), porque a história de The Hunger Games simplesmente não tem NADA A VER com a de Twilight (será que os homens sabem a diferença entre vampiros e mundo pós apocalíptico?).




Assisti o primeiro filme de Jogos Vorazes algumas semanas atrás, porque sou meio lenta e sempre acabo descobrindo coisas legais depois de todo mundo. É lógico que adorei o filme, e não pensei duas vezes em ir assistir o segundo no cinema, apesar de ter ouvido que era uma porcaria, que parecia Crepúsculo, que acabava sem pé nem cabeça, e blá blá blá whiskas sachê. E depois de arrastar meu namorado comigo e ouvir ele falar mal do filme durante 2 horas seguidas, resolvi fazer uma análise da história, colocando meu ponto de vista, pra ver se vocês, minhas leitoras lindas, inteligentes, sensíveis e compreensivas compartilham da mesma paixão e visão que a minha.


Antes de começar, devo avisar que sou uma semi virgem nos conhecimentos sobre os Jogos Vorazes. Não li os livros (ainda), quase não sei o nome dos personagens, e só assisti os dois filmes uma única vez. Não vou abranger nada dos livros, porque não tenho condições pra isso, visto que não li. Então me perdoem se eu for equivocada ou falar alguma merda, e me corrijam nos comentários. Combinadas? Então lá vamos nós.

Vamos começar do começo: o primeiro filme.


Jogos Vorazes



O filme abrange uma nação pós-apocalíptica chamada Panem, subdivida por 12 Distritos. O pessoal lá é tuto pobre, passa fome, e a vida é muito difícil. A riqueza se centraliza na Capital, onde todo mundo se veste colorido, come bem, e parecem extremamente alienados. Pra manter o povo da Capital entretido, e o povo dos Distritos sob obediência, criaram uma paradinha chamada de Jogos Vorazes, onde dois jovens de cada distrito são sorteados (obrigados e arrastados) para entrar numa Selva controlada pelo 'governo', se matando uns aos outros até sobrar um único vencedor. 





Katniss Everdeen mora no Distrito 12, e é uma moça corajosa, que se oferece voluntariamente como tributo no lugar de sua irmã Prim (é, os nomes são esquisitos mesmo), que foi sorteada. Junto com ela, um banana chamado Peeta Mellark é sorteado. Aí os dois entram num trem onde conhecem Haymitch, um cara que já foi vencedor dos Jogos e agora é mentor, e Effie, uma mulher toda colorida que eu não sei da onde é, mas pelo que parece, é da Capital e vem no Distrito 12 só buscar os tributos pro jogo.



Peeta no começo parece um babaca egoísta. Só age pensando em si, mas reza a lenda que ele sempre foi apaixonado, desde criança, por Katniss. Mas quando os Jogos começam, eu não perdoei ele até hoje por ter se juntado com aquele pessoalzinho dos outros distritos pra caçar a Katniss. Aquilo não tem explicação, ela poderia realmente ter morrido. Pra mim, ele é um bosta que pode até ter um tesão na Katniss, mas ama muito mais a si mesmo.



Acho que a Katniss compartilha da minha opinião sobre o Peeta, pois ela não dá a menor trela pra ele. Porém, conforme as pessoas vão morrendo no jogo, e depois de ter perdido sua nova amiga Rue (aquela menininha dá uma dó), do nada ela corre atrás do Peeta e forja um romancinho barato com ele só pra ganhar o jogo. Na verdade, no filme, isso fica bem confuso, porque parece que ela realmente está gostando dele, só que a gente sabe que ela gosta de verdade é do Gale (que dá de 10 a zero no Peeta né gente, por favor).
 


Daí todo mundo adora eles, e eles vencem o jogo após dar uma de Romeu e Julieta na Arena decidindo morrer juntos pra não precisar lutar. E assim acaba o primeiro filme.



Minha opinião: a história é legal, porém a relação entre o Peeta e a Katniss é muito estranha, não dá pra saber exatamente o que se passa na cabeça dela pelo filme. Você fica entretido com o filme do começo ao fim, ainda mais quando (como eu) você não leu o livro e não conhece a história, então não sabe o que vai acontecer. 

É uma porcaria? LONGE DISSO!!! Um bom filme.
Parece Crepúsculo? Em nenhum momento tive um vislumbre de Crepúsculo em Jogos Vorazes. 
Nota: 8



 Jogos Vorazes - Em Chamas 
CUIDADO - SPOILLERS



Katniss tá morando num lugar melhor, porém é odiada pelo Presidente Snow porque seu sinalzinho de beijar 3 dedinhos e assobiar como um Tordo virou um símbolo de rebelião. Além disso, ela tem que fingir que tá comprometida com o bostão do Peeta, pra não destruir a imagem que fizeram perante a nação durante os jogos. Daí o presidente Snow decide fuder com ela, e arranja um jeito de enfiar a coitada novamente nos Jogos Vorazes. Só que dessa é pior, porque é chamado de Massacre Quaternário, onde os tributos abrangem apenas vencedores das edições passadas dos jogos. Então é uma gente meio violenta, cheia dos esquemas. 



O filme se desenrola em alianças entre os tributos, planinhos pra matar um o outro, e a morte da Mags, uma velhinha simpática que nem devia estar lá. Enfim, depois de um rolo onde a Katniss se separa do Peeta pra por em prática um plano de eletrocutar um pessoal na praia, nossa protagonista manda uma flecha eletrocutada no céu da arena, e fode com todo o sistema que controla a selva projetada pelo governo. Daí uma nave resgata ela do meio da destruição, e você fica com a maior cara de 'WTF?'.



Quando ela acorda na nave, encontra o Haymitch conversando com o Plutarch (que é o cara que criou as paradinhas dos Jogos Vorazes) e o Finnick (um dos tributos, que a Katniss não confia muito, mas com quem fez aliança dentro do Jogo). Katniss fica fudida da vida, e pensa que foi traída, então o Plutarch começa a falar umas coisas que a gente não entende direito, tipo 'o plano desde o começo foi você e o Tordo, Katniss', 'a Capital está com o Peeta e a Johanna', etc e tal. Dá a entender que o Plutarch, junto com o Haymitch e mais uma galera aí estão conspirando contra o governo e pretendem fazer uma revolução, tendo como símbolo a Katniss e o tordo. Aí a Katniss continua doidona, toma uma injeção de calmante, e acorda numa maca olhando pra cara do Gale. Daí o Gale fala que o Distrito 12 foi destruído e a câmera foca na cara da Katniss, e o filme acaba.



Minha opinião: a história continua legal, e eu fiquei presa no filme do começo ao fim novamente. Tinha uns adolescentes chatos no cinema que ficavam narrando as cenas do filme contando tudo que ia acontecer, acabando com as expectativas das cenas... quase matei eles, mas depois de uns xingos, eles calaram a boca.

Ao que me parece, a Katniss, apesar de ser corajosa e tals, não tá nem um pouco a fim de ser lider de uma rebelião. Ela só quer viver em paz com a família e com o Gale. Não sei o que vai acontecer mais pra frente, porém, não achei o corte da história no final sem pé nem cabeça. Deixa você na ansiedade querendo ver o restante.


É uma porcaria? É muito bom, melhor que o primeiro.
Parece Crepúsculo? Devem estar falando isso porque o filme acaba como o Amanhecer 1, focando na cara da protagonista te deixando na expectativa. Mas em termos de personagens e história, não tem nada a ver não.
Nota: 9


Eu acho que o filme deixa a desejar em alguns pontos, mas geralmente adaptação de livro pra filme é isso aí mesmo: ficam algumas lacunas, que só quem lê o livro entende. Mas de forma alguma, esse pessoal que tá falando mal tem motivo pra isso. Vamos esperar a saga acabar, pra tirar nossas conclusões. Por enquanto, só me resta ler o livro pra saber se continuar a assistir vai valer a pena.


E vocês meninas, que acham?


Jakisses!!!

  1. Algumas coisas vc t certa maIs o peeta e otimo e lindo e espero q ele fique com ela

  1. flor, no primeiro filme o peeta se une com os carinhas lá pra dar uma enrolada neles, pq em toda a historia ele só queria proteger a Kat, no livro é td bem mais detalhado sugiro q vc leia pq tenho certeza q vc vai gostar

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...