Verdades e mitos sobre os relacionamentos iniciados online

Marcadores:
As lentes através das quais enxergamos o mundo são altamente influenciadas pelas experiências que vivemos. E não teria como ser diferente! Acontece que algumas dessas experiências dão origem a ideias que se tornam, para nós, "verdades absolutas", mas que, no entanto, estão bem distantes da realidade. Isso é especialmente verdadeiro quando estamos falando em relacionamentos. Um bom exemplo disso são as muitas mulheres que se frustram repetidas vezes com os homens e passam a ter a certeza de que nenhum homem no mundo poderá fazê-las felizes. De posse dessa "verdade", é claro que as relações futuras tenderão a ser vistas a partir dessa "lente", o que certamente acabará ajudando o insucesso a acontecer.

Venho observando que muitas pessoas que nos escrevem têm essas "verdades absolutas". É comum elas se tornarem "escudos", que protegem aqueles que as usam da frustração de ainda não ter tido sucesso nos relacionamentos. O "escudo", no entanto, acaba tendo outra função, como se o feitiço se voltasse contra o feiticeiro: acaba afastando candidatos a relações futuras. Por isso, achei que seria importante falar um pouquinho sobre algumas dessas "verdades".


1) "Os homens do site só querem saber de sexo" – MITO

Pela quantidade de mensagens enviadas por homens que desejam ter um relacionamento sério, não posso concordar com essa afirmação. O assunto já foi inclusive tema de um artigo recente. O sexo pode ter – isso sim – um lugar diferente na relação para o homem e para a mulher. Há mulheres que preferem conhecer melhor aquele com quem estão saindo antes de ter com ele uma relação sexual. Há homens que fazem o caminho oposto: querem conhecer melhor a mulher com quem tiveram uma relação sexual. Caminhos opostos não significam ideias opostas sobre um relacionamento, já que o ponto de chegada é o mesmo. Assim, se eles querem sexo nos primeiros encontros, isso não significa em absoluto que eles necessariamente não queiram namorar sério.

2) "As mulheres do site não querem um relacionamento sério" - MITO

Talvez as mulheres estranhem essa afirmação, mas ela é feita por diversos homens que nos escrevem. Alguns dizem que as mulheres parecem estar "calejadas" pelo insucesso nos relacionamentos, e acabam não acreditando em mais nenhum homem. Acontece que, também pela quantidade de mensagens que recebo de mulheres, seria impossível dizer que elas não querem um relacionamento sério. Talvez estejam – isso sim – um pouco desconfiadas, justamente por terem investido em relações que não deram certo. Mas daí a não quererem mais namorar, a distância é grande.
Tanto no caso da primeira como desta afirmação, digo ser mito pelo fato de não podermos generalizar as intenções de homens e mulheres dessa maneira. É claro que há pessoas de ambos os gêneros que desejam apenas ter sexo ou outros tipos de relacionamentos casuais. Porém não parece se tratar de uma maioria.

3) "As pessoas mentem mais na Internet do que fora dela" – MITO

Em primeiro lugar, é preciso definir o que é mentir em um perfil. Seria diminuir a idade em alguns anos? Ou dizer que pesa uns 3 ou 5 quilos a menos? Ou seria ainda se apresentar como alguém mais sociável ou bem-humorado do que se é na realidade? Eu não consideraria esses casos ou outros análogos como mentiras. Mais do que isso, penso que, se são mentiras, não são nem 1 centímetro maiores ou menores do que as que contamos "cá fora". Qual a mulher que não deu aquela "esticada" no cabelo antes de ir para a noite? Quem não escolheu as melhores roupas? Quem não procura ser educado, cordial, paciente, divertido etc. etc. assim que conhece um parceiro em potencial? Pois é. Essas são mentiras? Assim, precisamos diferenciar mentir de buscar se apresentar da melhor maneira possível. Aliás, as mentiras grosseiras, especialmente sobre a própria aparência, em um site de relacionamento tendem a ser descobertas rápido, já que o objetivo da maioria é se encontrar pessoalmente. Ou seja, não seria nem inteligente usar essa estratégia, certo?

4) "Me relacionar com alguém que conheci no site pode ser perigoso" – VERDADE

Nos relacionarmos com alguém que conhecemos em QUALQUER MEIO pode ser perigoso. Infelizmente essa é uma verdade, tanto aqui no Brasil como em outros países. Não é, portanto, uma exclusividade do relacionamento que se inicia online. Assim que conhecemos alguém em uma boate, por exemplo, o mais indicado não é ir direto à casa da pessoa, ou a qualquer lugar onde o contato com os outros não possa ser feito. O mesmo acontece online. Mesmo que já tenhamos conversado horas com uma pessoa, não a conhecemos bem, e por isso devemos tomar precauções quanto à nossa segurança. Por isso, essa é uma verdade, mas que, no entanto, não se diferencia de outros tipos de relações. Além disso, não significa que todas as pessoas estão mal-intencionadas e que devamos evitá-las. De maneira alguma. Precaução é bem diferente de paranoia.

5) "Se eu transar com ele no primeiro encontro, ele vai achar que sou fácil demais e vai sumir" – VERDADE ou MITO

Essa é uma preocupação que surge frequentemente em mensagens enviadas por mulheres. É, no entanto, uma afirmação que depende de tantos fatores que não podemos classificá-la como verdade ou mito. Há diversos tipos de homens e, entre eles, estão os que vêem com maus olhos as mulheres com quem têm relações sexuais no primeiro encontro, mas estão também os que não vêem problemas. Por isso, a atitude das mulheres quanto a isso não deve se basear em critérios do outro, mas nos seus próprios. Se se sente à vontade e tem desejo de fazer sexo na primeira noite, por que não? Onde está escrito que é proibido? Se se sentiria desconfortável, não há porque fazer só para agradar o outro. Seja lá como for sua maneira de pensar, não há necessidade de modificá-la em função do outro, apenas para agradá-lo. Sexo não pode ser uma "moeda", oferecida em troca de um relacionamento. Até mesmo porque não será uma garantia de que este será um sucesso.

6) "Não estou conseguindo contatos porque meu perfil tem um problema" – MITO.

Embora essa afirmação possa ser verdadeira, geralmente quando são enviadas mensagens com esse teor, os perfis costumam ser perfeitamente "normais". Aliás, o que seria um "problema" em um perfil? Eu diria que seria, no máximo, ele estar incompleto ou com informações pouco claras. É claro, uma pessoa que se mostra arrogante ou mal-educada no perfil certamente também terá dificuldades, porém esses casos são bem raros. Ao perguntarem se o perfil tem algum problema, a maioria dos usuários quer saber se eles próprios têm algum problema. Na maioria das vezes não se trata disso. Uma pessoa ou um perfil podem agradar uma pessoa e desagradar outra. Posso achar alguém super simpático, enquanto minha amiga acha esse mesmo alguém intragável. Somos diferentes e temos opiniões diferentes sobre os outros. Assim, se você foi sincero em seu perfil e acha que está dando as informações necessárias, não há por que pensar que algo nele está "errado".


Finalmente, um último pensamento sobre todas essas "verdades absolutas": generalizações tendem a nos prejudicar. Quando nos relacionamos com uma pessoa, é claro que não temos como esquecer as outras experiências (boas ou ruins) que tivemos no passado. No entanto, é preciso ter em mente que cada pessoa é diferente e ninguém pode ser culpado por uma experiência infeliz que tivemos anteriormente. Não podemos desejar que alguém "conserte" todos os "erros" dos outros, ou que pague por eles. Por isso, cada relação deve ser encarada como uma nova relação, com uma nova pessoa, que gerará novas experiências... De preferência positivas!


Um texto da Doutora (psicóloga)
Mariana Santiago de Matos


Jakisses!!!

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...