Os 15 momentos mais memoráveis da premiação EMA




música

MTV Europe Music Awards: os 15 momentos mais memoráveis da premiação

São duas décadas de EMA e muitas apresentações inesquecíveis. Por isso, o Papelpop separou as 15 mais marcantes. Prepare-se, a lista pode causar uma nostalgia dos anos 90 e, principalmente, saudade da época de ouro dos cantores e cantoras que continuam no meio de nós.

George Michael – “Freedom” (1994)



Sensacional! Lindo! No primeiro MTV Europe Music Awards, em 94, George Michael apresentou o grande show da noite. Ele cantou seu sucesso “Freedom” acompanhado de várias modelos famosas da década, incluindo Naomi Campbell.

David Bowie – “The Man Who Sold The World” (1995)

 

Sabia que David Bowie costuma se apresentar em premiações? É coisa raríssima, mas às vezes rola. Nos anos 90, David Bowie resolveu aparecer na televisão para apresentar uma de suas obras primas na premiação europeia. O sucesso “The Man Who Sold The World” ganhou uma versão eletrônica porque Bowie, na época, estava apaixonado pela dance music inovadora que invadia a Europa.
E tem coisa mais legal que ser apresentado pelo estilista Jean Paul Gaultier? Um ícone apresentando outro…

Backstreet Boys – “As Long As You Love Me” / “Everybody” (1997)

Todos nós sentimos falta das coreografias em grupo, da pegada pop e do charme que o Backstreet Boys nos apresentava nos anos 90. Sentimos? Ok. Não importa.
Este medley do grupo reúne tudo o que amamos nas boybands dos anos 90. Até o figurino temático.

 Britney Spears – “Baby One More Time” / “Crazy” (1999)

Aqui, Britney é introduzida como uma espécie em extinção, se revela uma cantora de cabaret ao som de “Baby One More Time” e vira a nossa querida dançarina vestida de látex cantando “Crazy”, com ainda mais breaks que o de costume. Esses medleys especiais foram usados por muitos outros artistas nas premiações posteriores.

Madonna – “Music” (2000)

A cantora fez uma homenagem à sua colega de profissão, Kylie Minogue, usando uma camiseta com seu nome. Posteriormente, Madonna afirmou que fez isso para mostrar reconhecimento aos outros nomes femininos da música pop. É Madonna sexy, com música boa, fazendo o que sabe de melhor.

Spice Girls – “Holler” (2000)

O EMA 2000, em Estocolmo, foi o palco da última apresentação das Spice Girls. Geri já tinha saído para a carreira solo, que acabou tendo um curto sucesso. Sem mais comentários…

Jennifer Lopez – “Love Don’t Cost a Thing” (2000)

 

SIMPLESMENTE J-LO CHEGANDO NO PALCO DENTRO DE UM AVIÃO! Essa apresentação foi a estréia mundial do single que amamos até hoje. Olha essa roupa, essa coreografia, a explosão no final!!!

Kylie Minogue – “Can’t Get You Out Of My Head” (2001)

A nossa rainha australiana do pop fez uma apresentação digna do título no EMA 2001.  Num mega cenário abstrato com dançarinos bem produzidos e vários figurantes, a cantora apresentou um de seus mais conhecidos singles.  No ano seguinte, ela ainda ganhou dois prêmios, por melhor álbum dance e pop, com seu disco “Fever”.

Christina Aguilera – “Dirrty” (2002)

Christina Icônica Aguilera reproduziu o clipe de Dirrty no EMA 2002 com direito a figurino, ringue e espectadores. A apresentação marca uma das fases mais sensuais da cantora, que não pegou leve na coreografia. No ano seguinte, ela canta Dirrty de novo, mas dessa vez vestida de freira acompanhada de couro de igreja.

Gwen Stefani – “What You Waiting For” (2004)

 

Quem consegue esquecer a estréia solo da vocalista do No Doubt? A cantora surge de um balanço suspenso e faz referências incríveis ao clássico Alice no País das Maravilhas.

Madonna – “Hung Up” (2005)

Uau! Foi um estouro! Na abertura do EMA 2005, Madonna surge de uma grande disco ball e se esfrega com vários dançarinos sensuais para cantar “Hung Up”, seu maior hit dos últimos anos. A apresentação foi a última da cantora na premiação europeia e é tão dançante quanto o clipe. Robbie Williams quando viu a rainha do pop fazer isso na premiação ficou tão doido com o domínio de palco e energia da cantora que acabou fazendo uma música para homenageá-la.

Rihanna – “S.O.S.” (2006)

Rihanna estava começando a estourar nas rádios mundiais quando mostrou que veio pra ficar no EMA 2006. A apresentação mostra há 8 anos atrás toda a sensualidade e atitude que amamos na cantora caribenha até hoje.

Katy Perry – “I Kissed a Girl” (2008)

Em 2008 Katy Perry era a garota que havia beijado outra garota. Sua estréia foi tão marcante que a fez ser apresentadora do EMA 2008. A cantora foi introduzida por um coro de líderes de torcida e surgiu montada num brilho labial gigante. Sem dúvidas um belo jeito de começar a carreira.

Shakira (feat. Dizzie Rascal) – “Loca/Waka Waka” (2010)

Em 2010, ano de Copa do Mundo, só dava Shakira com “Waka Waka”. No EMA não foi diferente. Num ao vivão bonito, Shakira cantou seus dois hits, “Loca” e “Waka Waka” acompanhada do rapper Dizzie Rascal na premiação que aconteceu na Espanha. Foi também nesse ano a consagração de Lady Gaga, que estourava com “Bad Romance” e “Telephone” mundo afora. Mas a mother monster, mesmo tendo levado a maioria dos prêmios, não se apresentou e gravou um vídeo em Budapeste para agradecer os fãs.

Taylor Swift – “We Are Never Getting Back Together” (2012)

Taylor Swift é famosa por fazer apresentações muito bem produzidas nas premiações que participa. No EMA 2012 não foi diferente. No maior clima circense, a cantora aparece no palco após um show de ilusionismo e canta “We Are Never Getting Back Together” acompanhada de mimicos, palhaços, dançarinos vestidos de animais e efeitos pirotécnicos.

Ah, por favor…

ema2013
Não podemos esquecer a participação sempre polêmica de Miley Cyrus, que deu o que falar no EMA 2013, em Amsterdã. Além de acender um cigarrinho, ela cantou “Wrecking Ball”.


FONTE: Papel Pop

Postar um comentário

Deixe seu comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...